Publicado em História, Livros, Mundo, Política, Religião

Indicação de leitura: Monstro de Deus: feras predadoras – história, ciência e mito

Esta indicação de leitura é um livro escrito por David Quammen, escritor estadounidense que escreve sobre natureza, viagens e ciência.

Este é o único livro que tenho dele, e um dos meus favoritos. Por meio de uma análise investigativa de habitat, história e sociedade, o autor escreve sobre “feras devoradoras de homens” – leões, ursos, tigres e crocodilos – e explica por meio dessa análise como é a vida de pessoas que convivem com esses animais diariamente, dividindo um território com eles e tendo que adaptar seu estilo de vida. David nos faz pensar sobre como a figura predatória desses animais nos faz ter consciência da nossa própria existência e da nossa posição na cadeia alimentar. Ele faz um relato do simbolismo que esses animais têm para o nosso psicológico, e questiona o futuro das espécies nos fazendo pensar sobre o nosso impacto no meio ambiente por meio das nossas ações. Ao fim do livro, nos perguntamos sobre qual o nosso papel nesse planeta e de que forma estamos colaborando para a extinção das espécies. Nossas guerras, conflitos, expansão agrícola, etc, estão nos levando para qual futuro?

Eu fiquei em choque com as reflexões uns 3 dias! (risos 😀 )

É uma leitura forte, não só pelos dados chocantes que o autor apresenta, mas pela reflexão que acabamos fazendo durante a leitura. Conseguimos enxergar como as culturas se adaptam a esses animais, mas a que preço fazem isso?

Ficha Técnica:

  • Título: Monstro de Deus: feras predadoras – história, ciência e mitoMONSTRO_DE_DEUS_1235689771B
  • Autor: David Quammen
  • Editora: Companhia das Letras
  • País: Estados Unidos
  • Idioma: é possível comprar em português
  • Número de páginas: 448
  • Onde comprar: pela internet (faz uns anos que o comprei e não o vejo em livrarias físicas)
  • Preço: varia de R$ 17,00 a R$ 60,00 dependendo do site e das condições do livro (usado/novo)
  • Resumo extraído do livro: “‘Uma coisa é estar morto. Outra coisa é ser transformado em carne.’ A ideia de sermos devorados evoca em nós terror profundo. Quais as razões – psicológicas e evolutivas – desse medo? Motivado por essa pergunta, David Quammen parte aos quatro cantos do mundo, onde convivem humanos e feras devoradoras de gente: na Índia, os leões asiáticos são uma ameaça para o povo maldhari; na Austrália, crocodilos-marinhos estão muito próximos dos yolngus; no extremo oriente russo, tigres siberianos dividem o território com os udeges, e nos Cárpatos romenos, ursos-pardos palmilham as mesmas trilhas que os guardas-florestais. Ao longo do trajeto, o autor baseia sua reflexão em mitologia, teoria ecológica, literatura, zoologia, arte rupestre, conversas em aldeias remotas. Exímio contador de histórias e celebrado pensador da história natural, Quammen busca responder questões como: de que maneira o homem lida com o fato de fazer parte da cadeia alimentar? Resistirão essas feras ao crescimento da população humana? Quem sofre com sua extinção ou preservação?”

 

Pensando bem, acho que vou ler esse livro de novo! ❤

 

 

 

 

Por Helena Salgado

Publicado em Cultura, Inteligência Cultural, Livros, Negócios

Indicação de leitura: Vantagens da Inteligência Cultural

Esta indicação de leitura é um livro de David Livermore, autor estadounidense e especialista em Inteligência Cultural.

O livro é de fácil leitura, e explica muito bem sobre o tema. Ou seja, mesmo que você não conheça nada do assunto, vai ter uma boa base com esse livro como o primeiro passo para iniciar suas pesquisas na área. Ou, se você não tem interesse em se aprofundar no assunto, é uma leitura que vale os viajantes terem em sua estante pois ele dá dicas de como aprofundar seu conhecimento de cultura, o que enriquecerá mais ainda sua viagem.

É um livro voltado mais para a área de estratégia e negócios, mas vale a pena ter na biblioteca se você é um interessado por cultura e viagens.

Este é o primeiro livro que li sobre o assunto, Inteligência Cultural, e ele já foi o suficiente para que eu mudasse a forma como eu me vejo encarando outras culturas, e a forma como tratarei minhas viagens e relações com diferentes pessoas e culturas daqui pra frente.

Ficha Técnica:

livro vantagens IC

  • Título: Vantagens da Inteligência Cultural
  • Autor: David Livermore
  • País: Estados Unidos
  • Idioma: é possível comprar em português
  • Número de páginas: 254
  • Onde comprar: pela internet, não encontrei em lojas físicas
  • Preço: varia de R$ 20,00 a R$ 63,00 de acordo com o site
  • Resumo extraído do livro: “No mundo globalizado e informatizado em que vivemos, as relações interculturais se tornam necessárias, especialmente nos negócios. A Inteligência Cultural (IC) é a habilidade de lidar com as diferenças culturais existentes, o que contribui para estreitar laços nos relacionamentos com estrangeiros, parceiros comerciais e fornecedores de além-mar. Para impulsionar suas conquistas, desenvolver a habilidade de se comunicar e liderar considerando os diversos contextos, entenda os recursos propostos pelo autor: #estratégias para desenvolver as interações, com ênfase na adaptação do comportamento; #novas descobertas dos benefícios que apenas uma inteligência cultural elevada traz; #cases de grandes empresas que identificaram e utilizaram as vantagens da inteligência cultural para atingir o sucesso. Você vai superar os problemas no relacionamento de sua empresa com estrangeiros e aumentar a possibilidade de bons negócios. Fique atento.”

 

 

Por Helena Salgado