Publicado em Brasil, Cultura, Egito, Exposições, História, Mundo, Tecnologia, Viagens

Visitando o Mundo em tempos de reclusão

Por Helena Salgado

Com a indicação atual para não sairmos de casa em função da pandemia de Covid-19, muitos países estão adotando um sistema de quarentena impedindo – em alguns lugares com punições – que as pessoas circulem pelas cidades afetadas sem necessidade.

Quando o cenário mundial foi bruscamente alterado para conter a disseminação de um vírus, como fica a questão das viagens turísticas? E aquela viagem dos sonhos que precisou ser cancelada por causa do Coronavírus?

Pensando nisso, muitos países abriram as portas de seus museus, parques e monumentos permitindo às pessoas realizarem tours online, no conforto de suas casas. Alguns links pedem que o usuário tenha em seu aparelho o aplicativo Google Arts & Culture (recomendo que baixem o app, vale MUITO a pena!).

Essa é uma ótima maneira para se conhecer um lugar novo, aquele lugar dos sonhos, e até replanejar ou criar uma viagem incrível para ver de perto os mesmos lugares que podemos ver online.

Organizei uma lista com alguns tours virtuais imperdíveis de parques, museus e sítios arqueológicos de diferentes países. Dá uma olhadinha:

Austrália:

Brasil:

Egito:

Espanha:

Estados Unidos:

França:

Inglaterra:

Itália:

Japão:

Noruega:

Vaticano:

Vietnã:

Aproveite os tours para conhecer o mundo sem sair de casa e já planeje sua próxima viagem para conhecer de perto esses lugares maravilhosos!

Fontes:

Publicado em Cultura, Egito, Exposições, História, Viagens

Exposição CCBB Egito Antigo – Do Cotidiano à Eternidade

Estive na exposição do CCBB sobre o Egito Antigo! E vou dizer… Fiz bem em reservar ingresso pra mais um dia!

Eu sou suspeita, pois sou apaixonadíssima por Antigo Egito. Estava ansiosa para essa exposição e fui correspondida: as peças são lindas, bem restauradas e conservadas. Confesso que foi emocionante ver de pertinho objetos que eu namorava nos meus livros de Egiptologia!

A exposição traz um pouco de cotidiano, rotina funerária e arte, e dá um gostinho para os brasileiros do que estará por vir no GEM, que inaugura esse ano no Cairo.

A coleção acolhida pelo CCBB veio do Museo Egizio di Turim, na Itália, um dos museus mais importantes sobre cultura egípcia fora do Egito.

A exposição está disposta em 6 andares do CCBB – subsolo, 4° andar, 3° andar, 2° andar, 1° andar e térreo. Começamos o passeio pelo subsolo, seguimos até o 4° andar de elevador, e de lá, fomos descendo de escada pelos outros andares até finalizar nosso passeio no térreo, onde tem a pirâmide em escala com atividades dentro e a lojinha, fora da exposição.

Não, eu não vou contar com detalhes o que tem em cada andar para não estragar o suspense!

Mas, para ter uma ideia, nessa exposição você vai ver maquetes, múmias de animais, uma múmia humana, acessórios, sarcófagos, itens funerários, estatuetas de deuses, uma linda e maravilhosa estátua de Sekhmet, fragmentos de túmulos e sarcófagos (portas falsas, piramidions e altar), um papiro com trecho do Livro dos Mortos, apetrechos para maquiagem… E tem um vídeo no subsolo falando sobre arte, confira!

A lojinha, ao final da exposição, tem livros e presentinhos bem lindinhos e fofos. Os imãs e bottoms são lindos! Eu comprei um livro (Agatha Christie, Akhenaton), um pingente de escaravelho e um bottom, e minha conta deu R$ 70,00. Siiim, um pouquinho salgado! Então minha dica: vá com dinheiro para gastar. Ou, se por acaso você tem viagem marcada para o Egito esse ano, NÃO COMPRE NADA! No Egito, vá ao Khan el Khalili e lá você vai comprar o triplo de coisa pelo valor de uma aqui. Chaveiros, canecas, pingentes, imãs… Se você vai ao Egito esse ano, não compre no CCBB a não ser que queira o temático da exposição.

Trust me!

Para entrar, eu reservei meus ingressos pelo app do Eventim. Não vi ninguém sem ingresso entrando, porém, ouvi relatos de que é possível entrar sem agendar horário/reservar ingresso. O passeio é organizado por fichas, ou seja, entra um número limitado de pessoas em cada sala, pois na entrada recebemos uma ficha que devolvemos ao sair e isso controla o número de pessoas que entra nos espaços.

Fotos são permitidas, porém, sem flash. Respeite, ok? E, inclusive, finalizo esse post com 4 fotos que tirei para aguçar a curiosidade de vocês.

Confira!

Ushabtis. O papel deles era substituir a alma do morto nos campos de trabalho no Além.
Pequeno sarcófago de falcão representando o Deus dos céus e da monarquia, Hórus.
Múmias de gatos e sarcófago para gato.
Detalhe de tampa de sarcófago.

O CCBB fica no Centro de São Paulo, há cerca de 5 minutos a pé da estação de metrô São Bento, linha azul.

Mas corre!! Pois a exposição vai só até o dia 11/05!